Configurações - Nota de Produtos (NF-e)

Ultima Atualização: 19/10/2020    Artigo de código : 4253             

Olá, tudo bem com você? Espero que sim, soube que precisa realizar as configurações da sua Nota de Produtos Eletrônica para começar a emitir a NFe, não se preocupe pois é bem simples e eu vou te explicar, vamos lá!

Atenção: Para emissão de Nota de Produtos Eletrônica (NFe) é necessário ter o credenciamento junto a Sefaz do seu estado referente a emissão desse tipo de documento, verifique com o seu consultor tributário (escritório de contabilidade) o procedimento para credenciamento junto a Sefaz do seu estado.


Passo 1: Acesse o Menu Configurações > Notas de Produtos



Passo 2: Note que existe o botão Habilitar Ambiente de Produção, ao lado também consta o botão Habilitar Contingência. A contingência só pode ser habilitada quando a Sefaz do seu estado estiver indisponível para autorização da NFe, e autorizar em seu portal a emissão em ambiente de contingência (quando a contingência do sistema está desabilitada o botão fica  como Habilitar Contingência).
O sistema vem como ambiente de homologação habilitado (ambiente de testes da Sefaz) para cada tipo de nota, nesse ambiente você pode emitir os documentos e os mesmos podem ser autorizados Sem Valor Fiscal.

Para emitir a NFe com Valor Fiscal clique em Habilitar Ambiente de Produção.


Será aberta a tela a seguir, informando que caso tenha digitado ou emitido alguma NFe em ambiente de homologação ela será automaticamente excluída do sistema e reforçando que a ação é irreversível, ou seja, ao Habilitar o Ambiente de Produção não tem como voltar a sua NFe para Ambiente de Homologação, para finalizar esse processo clique em Ok.

Atenção: Alguns estados podem exigir a emissão de documentos em homologação para liberar o credenciamento, antes de habilitar essa opção confirme com a sua contabilidade como funciona o processo de credenciamento da Sefaz do seu estado.


Passo 3: Configure os campos a seguir: 


Série da Nota de Produtos: Utilize este campo para informar a série da nota de produtos que deseja utilizar.
Próximo Número da Nota de Produtos: Para empresas emitentes que utilizavam outro sistema emissor de notas fiscais, deverá informar neste campo o número sequencial ao da última nota emitida pelo outro sistema, para que o emissor NFe possa dar sequência.

Exemplo: Se a última numeração utilizada foi a 100 nesse campo será necessário informar a numeração 101.



Passo 4: No campo de Categoria de ICMS Padrão: Indique a Categoria de ICMS utilizada pela empresa, caso ainda não tenha uma categoria cadastrada para selecionar  clique em Configurar Categorias de ICMS para abrir a tela para Criar/ Configurar.

Para verificar o passo a passo de cadastro da Categoria de ICMS Clique Aqui



Passo 5: No campo de Versão do XML: Indique a versão de layout do XML a ser emitido. Observação: a partir do dia 2º de Agosto de 2018, a Receita Federal tornou obrigatória a emissão dos XMLs na versão 4.00;


Passo 6: No campo Número do documento autorizado (CPF/CNPJ): Caso possua algum número de documento autorizado para download indique o documento para que autorize realizar o download do xml das notas emitidas pela empresa.


Passo 7: Referente ao Percentual da partilha: A Partilha do ICMS passou a valer no início de 2016 e determinou que na venda para o consumidor final, que não seja contribuinte do ICMS, a alíquota que apareça em destaque na nota fiscal seja a interestadual. Já a diferença entre a alíquota interestadual e a alíquota interna do estado de destino seja dividida entre os estados de origem e os destinatários da mercadoria. A proporção dessa partilha mudou de forma gradual e atualmente deve ser informado como 100% recolhido ao estado de Destino.


Passo 8: A caixa de seleção: Quero experimentar a nova versão do Danfe: Selecione este checkbox para utilizar a nova versão da DANFE, o logo da empresa deverá estar em um dos formatos a seguir: .jpg, .jpeg e .png



Passo 9: A caixa de seleção: Permitir inserir Serviços (Nota Conjugada) – Verifique junto a seu município se isso é suportado deve ser selecionada apenas quando o emitente vai utilizar a emissão da NFSe conjugada a NFe e em casos onde o município permite esse tipo de emissão.

Clique Aqui para verificar o passo a passo para emissão da NFe conjugada.



Passo 10: O sistema já vem configurado em Ambiente de Homologação: Se for realizar testes de emissão de NF-e sem validade jurídica, não clique nesta opção.


Habilitar Ambiente de Produção: Se deseja pular a emissão de teste e que as notas já tenham validade jurídica, utilize este botão para habilitar o Ambiente de Produção.

Atenção:  Essa ação é irreversível, ou seja, ao habilitar produção não é possível voltar para o ambiente de homologação, confirme com seu escritório de contabilidade se a Sefaz do seu estado não exige a emissão nesse tipo de ambiente para liberar o credenciamento para emissão da NFe. Ao habilitar o ambiente de produção da NFe as notas de produtos emitidas serão automaticamente excluídas do sistema, caso já tenha configurado a numeração da nota será necessário configurar o próximo número da NFe novamente.



Passo 11: O campo Habilitar Contingência só deverá ser habilitado quando a SEFAZ do Estado do Emitente permitir a emissão de Notas em Ambiente de Contingência SCAN, por problemas técnicos na própria SEFAZ





Passo 12: Ao finalizar a configuração clique em Salvar para concluir.




Importante: Lembre-se que o nosso compromisso é com você e estamos aqui para te apoiar da melhor forma sempre. Caso possua dúvidas sobre a rotina utilizada criamos uma ferramenta para otimizar o seu atendimento, basta clicar no ícone da nossa assistente virtual que fica no canto inferior direito do seu emissor NFe.





Saiba que foi um prazer te ajudar, até breve.



A sua opinião é muito importante para nós:


 Este artigo me ajudou

Obrigado pela sua opinião

 Este artigo não me ajudou

Obrigado pela sua sugestão!

Descreva aqui como podemos melhorar este conteúdo.
Para outros assuntos entre em contato com nossos atendentes pelo telefone 3004-3303 ou pelo chat.

Enviar
4253